A coloproctologia é a especialidade médica, que estuda doenças do intestino grosso (cólon), reto e ânus. O médico coloproctologista é o profissional qualificado para diagnosticar e tratar essas doenças.

O avanço da ciência e da tecnologia alterou radicalmente a prática de algumas especialidades. Com a coloproctologia, não foi diferente. Atualmente, além das cirurgias convencionais, o coloproctologista conta com avanços como videolaparoscopia, cirurgias robóticas, cirurgias endoscópicas e cirurgia minimamente invasiva. Além de recursos diagnósticos como endoscopia digestiva, colonoscopia, retossigmoidoscopia, anuscopia, enteroscopia, colonoscopia virtual, entre outras.

Na área de tratamento do Câncer do aparelho digestivo, clínicas que contam com coloproctologistas que atuam em conjunto com outras especialidades dedicadas ao tratamento de neoplasias (Oncologia clínica e cirúrgica, radioterapia, nutrologia e nutrição oncológica), têm maior capacidade de diagnosticar e tratar adequadamente tumores malignos do intestino, do reto e do ânus.

Quem é o médico coloproctologista?

Para ser um coloproctologista, o médico deve, obrigatoriamente, fazer residência em cirurgia geral por dois ou três anos e só então estará apto a continuar a especialização na coloproctologia.  Então, esse profissional estará habilitado para prescrever medicamentos, fazer cirurgias e exames diagnósticos para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento de doenças intestinais.

Quais doenças são tratadas pelo coloproctologista?

Doenças que podem ser tratadas pelo coloproctologista são:

– Câncer colorretal (intestino grosso e reto);

– Retocolite ulcerativa, Doença de Crohn e outras doenças inflamatórias intestinais;

– Infeções de parasitas, bactérias e vírus;

– Síndrome do intestino irritável, doença do cólon irritável e outros distúrbios funcionais;

– Tumores benignos colorretais;

– Pólipos intestinais;

– Constipação e diarreias crônicas;

– Hemorroidas, fissuras e abcessos anais;

– Fístulas anorretais;

– Incontinência anal;

– Condilomas e verrugas do ânus e reto;

– Entre outras.

Como sei quando consultar um coloproctologista?

Alguns sintomas que é preciso ficar atento, são:

– Sangramento anal;

– Dificuldade para evacuar;

– Dor e cólica abdominal frequentes;

– Diarreia crônica (mais de 3 semanas);

– Alteração no ritmo intestinal;

– Dor ao evacuar;

– Histórico familiar de câncer intestinal.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar