A cirurgia oncológica ou Cancerologia Cirúrgica é uma das pontas do triângulo para o tratamento do câncer, junto à Oncologia Clínica (quimioterapia) e radioterapia. O cirurgião oncológico tem toda sua capacitação voltada para proporcionar o melhor tratamento cirúrgico de qualquer tipo de câncer, bem como participar adequadamente o tratamento multidisciplinar juntamente com a oncologia clínica e a radioterapia.

Para se tornar especialista em Cirurgia oncológica o médico precisa passar por uma longa e árdua especialização. Primeiro ele precisa se especializar em Cirurgia Geral. Depois passa por pelo menos mais 3 anos de especialização em cirurgia oncológica. E não bastante, na grande maioria das vezes, o cirurgião aprofunda sua especialização em alguma área específica da cirurgia oncológica: como cirurgia oncológica gastrointestinal, cirurgia oncológica ginecológica, cirurgia oncológica torácica, etc.

Qual é a diferença entre um cirurgião geral e um cirurgião oncológico?

Como o Cirurgião Oncológico, depois de sua formação geral em cirurgia, recebe formação voltada para o tratamento de todos os tipos de câncer e também atua junto com as outras especialidades voltadas ao tratamento do câncer (oncologia clínica e radioterapia), o cirurgião cancerologista tem maior experiência para avaliar o paciente de forma mais ampla, não voltado somente à cirurgia, mas como também na indicação de todas as modalidades de tratamento necessárias para a cura do câncer.

Existe diferença nas técnicas da cirurgia oncológica em comparação com as outras especialidades cirúrgicas?

As técnicas cirúrgicas básicas são as mesmas, mas na cirurgia oncológica empregam-se princípios técnicos de: Remoção Completa dos tumores sem romper o tumor; Remover o tumor junto com margem de segurança adequada; Remover adequadamente os linfonodos (gânglios linfáticos) da região onde o tumor maligno se encontra; Promover cirurgias que garantam rápida recuperação do paciente para que este possa seguir as outras etapas do tratamento; E executar as cirurgias de reparação para evitar ao máximo possível as sequelas e deformidades de cirurgias grandes.

Todos esses cuidados visam aumentar as chances de cura dos tumores malignos.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar