Postado em 29 de outubro de 2018
 Categoria Saúde

Realizar exercícios físicos no cotidiano é um dos métodos mais conhecidos e eficazes para manter seu corpo saudável. Durante o Outubro Rosa, mês da conscientização e prevenção contra o câncer de mama, é importante relembrar os benefícios que uma rotina assim pode trazer.

Vários estudos comprovam que manter-se ativo fisicamente pode tanto prevenir a doença, quanto ajudar no tratamento.
As pesquisas costumam separar as mulheres entre dois grupos: um sedentário e outro que receberá treinamento. Um pesquisador do Canadá compilou, em 2011, 73 experimentos diferentes realizados anteriormente e analisou seus dados.
A conclusão foi de que as mulheres que praticavam alguma atividade física regularmente apresentavam um risco 25% menor de desenvolver o câncer.

São vários os motivos que explicam essa relação. A produção de estrogênio pelo tecido adiposo é um deles: quanto mais gordura o corpo possui, mais desse hormônio será produzido. As células cancerígenas utilizam a substância como um combustível, já que ela atua nas células mamárias.

Outro hormônio que aparece em algumas pesquisas relacionadas à prevenção do câncer de mama é a insulina, responsável por induzir a multiplicação de células. Por conta disso, uma vez que o câncer se inicia, ter altos níveis de insulina no sangue torna-se perigoso, e se exercitar pode diminuir a quantidade dessa substância que circula pelo corpo.

atividades câncer de mama

A QUANTIDADE CERTA DE EXERCÍCIOS PARA QUEM TEM CÂNCER DE MAMA

Quanto à quantidade de exercício que deve ser realizado, estudos sugerem que qualquer quantidade é melhor do que nada – e mais exercício geralmente é melhor do que menos.

De forma geral, sugere-se, em torno de 30 minutos de exercício moderado por dia, pelo menos 5 dias da semana, ou no mínimo 20 minutos de exercício intenso, em 3 dias da semana.

Lembrando que, para quem está começando, essa quantidade deve ser alcançada gradualmente. E que exercício moderado é aquele em que sua respiração fica mais rápida, quando ainda é possível falar, mas não mais cantar. Dê preferência a um misto de exercícios aeróbicos e exercícios de força.

Para mulheres já diagnosticadas com câncer de mama, o exercício regular durante e após o tratamento mostra melhoras na saúde emocional e física, com ganhos na qualidade de vida de maneira geral. O exercício vai ajudar a melhorar o peso da paciente, sua força muscular, confiança, humor e reduzirá a depressão e a ansiedade.

ESTUDOS QUE COMPROVAM A MELHORA DO CÂNCER DE MAMA COM EXERCÍCIOS

Estudos ainda indicam que exercício físico regular, ajuda algumas mulheres a controlar os efeitos colaterais do tratamento, como cansaço, dores, edema e diminuição da massa óssea. E um estudo de alto impacto mostrou que o exercício físico pode reduzir o risco de mortes causadas por câncer de mama em até 40%. Mas, atenção: a atividade física não substituiu o tratamento convencional, é apenas complementar a ele.

Uma preocupação comum é o quanto o exercício físico pode influenciar no linfedema. Linfedema é um inchaço do braço, mão ou mama que algumas vezes se desenvolve em mulheres que retiraram os linfonodos axilares, durante uma cirurgia.
Mas, estudos apontam que a atividade física regular não só, não causa linfedema, como diminui o risco de ele acontecer. Para as pacientes que já sofrem com o inchaço, algumas roupas de compressão podem ajudar durante o exercício.

É importante lembrar que, antes de começar qualquer atividade física, com ou sem um câncer de mama, é fundamental consultar um médico.

Mesmo depois do diagnóstico, a prática de atividades físicas é benéfica. Sabendo que durante o tratamento o ganho de peso do paciente é comum, um levantamento da Universidade da Carolina do Norte concluiu que isso eleva as taxas de mortalidade pelo câncer de mama. Depois da menopausa, os efeitos positivos são ainda mais claros.

Dr. Marcelo Ferreira
CRM-PR 17776
Cirurgião Oncologista e Mastologista

Fernando Botega
Personal Trainner
CREFI –PR

Marcelo Ferreira
CRM PR 17776
Cirurgia oncológica e mastologia
RQE 12905 e 14497

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

WhatsApp